O Parvo: Entre o rock instrumental e os fanzines

Parvo_trio

A banda paulistana O Parvo toca um rock instrumental com influência de filmes, dub, punk rock e fanzines

[Por Natasha Ramos]

Fábio Mélega é guitarrista e engenheiro, Bruno Góes é ilustrador e baixista, e Rafael Moralez é baterista e doutorando em Economia, mas também “ilustro algumas coisas de vez em quando”, diz o próprio Rafael em entrevista ao Palco Alternativo. Os rapazes formam O Parvo, um ente que surge quando os três tocam juntos.

A banda surgiu a partir de um anúncio no Facebook publicado por Bruno. “Já nos conhecíamos de alguns eventos de quadrinhos, então, eu chamei o Fábio e começamos a ensaiar, foi no começo uma proposta de tocar punk rock antigo, mas acabou virando um instrumental meio esquisitão com bases de dub jamaicano”, conta Rafael.

Além de ser o nome da banda, O Parvo também é o personagem de um livreto produzido pelos próprios integrantes. “Eu e Bruno temos uma relação com fanzines, HQ’s e ilustrações, então pensamos que seria interessante juntar isso com a banda, a ideia é que seja [lançado] um livreto por show”, explica Rafael.

o parvo2

Conheci O Parvo na 4ª edição da Feira de publicações Mercado de Peixe, uma espécie de feira de fanzines realizada em março deste ano no Sensorial Cervejas e Discos, bar em São Paulo, onde além do livreto, tive contato com a banda. Os meninos tocam um rock instrumental com influências sonoras de filmes, dub e punk rock. “Procuramos mudar um pouco a estrutura dos sons, e deixar umas partes abertas para improviso”, afirma.

Ao vivo, o som é apenas instrumental, mas, nas gravações, os rapazes inserem falas de filmes nos intervalos e em algumas partes das músicas. “Não sentimos falta de letras ou voz, todos gostamos de expressar nossas ideias apenas com os instrumentos.”

As coisas estão acontecendo consideravelmente rápido para O Parvo. Com apenas dois meses de existência, a banda irá entrar em estúdio em junho, para gravar as primeiras 8 músicas que já tem prontas, todas instrumentais. Além disso, os rapazes já contabilizam três shows.

cartaz_o parvoO primeiro aconteceu na Sensorial (quando vi os caras tocando pela primeira vez), o segundo na Trackers (balada moderna no centro de São Paulo) e o terceiro irá acontecer no dia 28 deste mês, novamente, na Sensorial. “Nos surpreendemos com essa velocidade em que a banda está conseguindo fazer as coisas, as músicas surgem rápido e os shows também”, comenta Rafael.

O próximo show na Sensorial será uma reunião de amigos de longa data, integrantes das bandas O Parvo, Fúria de Súsie e Dizzaster. Esta última, vinda de Londrina (Paraná) acaba de lançar seu disco novo. Já a banda Fúria de Súsie apresentará as músicas que vai gravar na residência artística do Museu da Imagem do Som de São Paulo (LabMis) no próximo mês.

“O Parvo é uma banda de trilha sonora, quem estiver interessando nesse tipo de música apareça no show para conversar e tomar uma beer. Valeu mesmo todo mundo que está dando uma força para a banda!”, finaliza Rafael.

Acompanhe a banda:
Facebook d’O Parvo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *