Thom York escreve carta ao bom velhinho

thomyorke_0_1

“Não vou te pedir para solucionar os problema da raça humana”.

Thom Yorke, vocalista do Radiohead, escreveu uma carta para o bom velhinho, para marcar o Dia Nacional de Escrever Cartas (7 de dezembro).

O projeto é parte do Cartas para Noel, um esforço coletivo do Letters Live para marcar o Dia Nacional de Escrever Cartas. Inspirado na série Letters of Note, do escritor best-seller Shaun Usher, o Letters Live é uma celebração do duradouro poder da correspondência literária. Cada show apresenta uma seleção completamente diferente de grandes performers, lendo cartas notáveis escritas ao longo dos séculos e por todo o mundo.

Dentre os trechos da carta escrita por Yorke está: “Desde que escrevi para você da última vez quando eu tinha nove anos, eu tentei ser bom, mas às vezes eu falhei espetacularmente. Eu tentei fazer o que me disseram mas frequentemente estive encantado em fazer exatamente o oposto. Mas, sempre eu tentei dar amor e tentei não causar dor”.

O vocalista do Radiohead acrescenta: “Eu não vou pedir para você solucionar os problemas da raça humana. Estes são nossos problemas. Mas, talvez, este ano você poderia considerar não presentear os executivos das empresas de petróleo e os políticos cuja influência foi comprada?”.

Leia a carta de Tom Yorke na íntegra e com a formatação preservada:

querido papai noel,

passaram-se anos desde que eu escrevi para você

Eu espero que essa carta te encontre bem e que a neve ainda esteja caindo sobre Lapónia (região da Finlândia em que muitos consideram ser a casa do papai Noel).

aqui está quase sempre chovendo. Nem sequer um tempo frio ainda!
mas, os álbuns de músicas natalinas já estão sendo tocados nas lojas.
deve ser tão embaraçoso para você.

eu sei que esse ano será excepcionalmente movimentado para você.
nós todos esperamos um pouco demais de você agora eu acho.
e tem tantos impostores na televisão. mesmo nas ruas.

desde que escrevi para você da última vez quando eu tinha nove anos, eu tentei ser bom, mas às vezes eu falhei espetacularmente.
eu tentei fazer o que me disseram mas frequentemente estive encantado em fazer exatamente o oposto.

mas, sempre eu tentei dar amor e tentei não causar dor.

então,
querido papai noel
o que estou dizendo é..

agora que eu tenho 47 anos, se eu ainda tiver algum crédito com você, eu tenho apenas estes pequenos pedidos

que meus filhos tenham um bonito natal
com amor e compreensão e paz
talvez bastante neve? Seria realmente ótimo.
e você poderia apenas mandar as coisas preciosas que vão realmente significar algo para eles?
e você poderia enviar para eles esperança para o futuro. Isso é muito importante.

eu não vou pedir para você solucionar os problemas da raça humana. Estes são nossos problemas.

mas, talvez, este ano você poderia considerar não presentear os executivos das empresas de petróleo e os políticos cuja influência foi comprada?

e para mim? Apenas um óculos de leitura.. :/ Azuis.

seu completamente sincero,

Thom

p.s. obrigado pelo computador zx81 quando eu tinha 11 anos. foi muito legal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *