O Som da Motown

BNegão, Curumin, Charly Coombes, Leo Cavalcanti, Izzy Gordon, Blubell e outros artistas celebram sucessos da Motown Records

SomMotown_0114
Bluebell, Curumin e Leo Cavancanti se revezavam entre o vocal principal e os backing vocals.

[Fotos e texto: Natasha Ramos]

Sucessos da gravadora Motown foram revisitados em show no Sesc Pompeia, na última sexta-feira (23), na voz de grandes nomes da música brasileira. Canções de ícones como Marvin Gaye, Jackson 5, Stevie Wonder, The Temptation e Diana Ross ganharam vida nas vozes de Bluebell, Curumin, Leo Cavancanti, BNegão, Izzy Gordon, Laura Lavieri e Tassia Reis.

Da esquerda para a direita? Izzy Gordon, Bluebell, Curumin e BNegão.
Da esquerda para a direita: Izzy Gordon, Bluebell, Curumin e BNegão.

O show começou com Bluebell e Leo Cavancanti se revezando nos vocais principais, enquanto os demais assumiam os backing vocals. “ABC”, foi interpretado pela cantora, enquanto Leo mandou “My Girl”, dos Temptation. Os dois ainda incorporaram Marvin Gaye e Tammi Terrell para interpretar a “Ain’t no mountain high enough”.

Bluebell e Leo Cavancanti cantam "Ain't no mountain high enough".
Bluebell e Leo Cavancanti cantam “Ain’t no mountain high enough”.

Curumin assume os vocais para mandar um “Let’s get it on”, do Marvin Gaye, e “Superstition”, do Stevie Wonder. “Dancing in the streets”, da Martha and the Vandellas, também ganhou vida durante o show.

Comb 3
Izzy Gordon e Curumin durante o show no Sesc Pompeia.
Tassia Reis também estava no time em tributo aos grandes nomes da Motown.
Tassia Reis também estava no time em tributo aos grandes nomes da Motown.

BNegão foi o último a entrar no palco e mandou logo de cara “Higher Ground”, do Stevie Wonder, música que ficou conhecida também pela versão da banda californiana Red Hot Chili Peppers. Em seguida, engatou “Money (that’s what I want)”. “Muita gente conhece essa música pela versão dos Beatles, mas ela veio antes deles”, disse o músico. De fato, a música foi lançada por Barret Strong, em 1959, quatro anos antes dos queridinhos de Liverpool a lançarem para o mundo no disco With the Beatles.

Comb2
BNegão e Bluebell no show O Som da Motown, no Sesc Pompeia
SomMotown_0065
Curumin e BNegão

Além dos vocalistas, a big band reuniu nomes de peso, como o guitarrista Zé Antonio Algodoal, da Pin-Ups, o baixista Leonardo Russo, do Clube do Balanço, o tecladista Pedro Pelotas, do Cachorro Grande, o baterista que toca com o Tom Zé, Rogério Bastos, e a percussionista Michelle Abu, que toca com o Scandurra e Arnaldo Antunes.

Da esquerda para a direita: Zé Antonio Algodoal (Pin Ups), Victor José (Antiprisma) e Leonardo Russo (Clube do Balanço)
Da esquerda para a direita: Zé Antonio Algodoal (Pin Ups), Victor José (Antiprisma) e Leonardo Russo (Clube do Balanço)
A percussionista Michelle Abu.
A percussionista Michelle Abu.
o baterista Rogério Bastos.
o baterista Rogério Bastos.
o tecladista do Cachorro Grande, Pedro Pelotas (à esquerda), e o vocalista do Supergrass, Charly Coombes, que também tocava teclado no show em tributo aos ícones da Motown.
o tecladista do Cachorro Grande, Pedro Pelotas (à esquerda), e o vocalista do Supergrass, Charly Coombes, que também tocava teclado no show em tributo aos ícones da Motown.
Coombes também improvisou no vocal de duas músicas durante o show.
Coombes também improvisou no vocal de duas músicas durante o show.

A Motown Records foi fundada pelo empresário musical Berry Gordy em 1959, na cidade de Nova York. A gravadora foi a responsável por lançar nomes que, hoje, são indispensáveis na história da música, como Marvin Gaye, Stevie Wonder, Diana Ross e Jackson 5; além de ser o definidor da linguagem de gêneros como o soul, funk e hip hop, moldando, assim, a música pop e tendências sonoras das últimas décadas. Ao longo de sua história, a Motown emplacou quase 250 sucessos nas principais paradas americanas.

Apesar de se concentrar na cena musical americana, também influenciou a sonoridade do Brasil e inspirou importantes artistas para a cena musical clássica e atual, como Tim Maia, Hyldon, Frenéticas, Lulu Santos, Daffé, Gerson King Combo, Trio Esperança, Golden Boys, Ed Motta, Cassiano, Rappin Hood e Racionais MC’s.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *