Baterista do Red Hot Chili Peppers insinua que a banda está perto de se aposentar

ChadSmith-920x584

“Eu não sei se nós conseguimos continuar”, disse Chad Smith

O baterista da Red Hot Chilli Peppers sugeriu em entrevista que a banda californiana poderia estar perto de se aposentar, 33 anos depois de lançar seu álbum de estreia.

O baterista, que entrou para a banda em 1988, sugeriu durante o podcast do apresentador de TV estadunidense, Eddie Trunk, que a idade poderia estar pesando para os integrantes da banda – com Smith, o vocalista Anthony Kiedis e o baixista Flea, quase na metade de seus 50 anos.

“Nós estávamos viajando na van depois de um show quando o Flea disse ‘Quanto tempo mais você acha que nós podemos… Como você acha que nós podemos terminar isso?'”, disse Smith. “E eu disse ‘Não sei!’ Eu quero gravar discos, eu ainda amo gravar discos, mas a parte da turnê… Eu não sei se consigo continuar”.

E acrescentou: “Quero dizer, três de nós temos 54 anos – Anthony, eu e Flea. Josh [Klinghoffer, o guitarrista] tem 38 ou 39, ele é jovem. Mas, eu não sei se nós conseguimos continuar fazendo turnês longas – um ano, um ano e meio, como normalmente fazemos. Essa é uma boa pergunta”.

Ele também sugeriu que a banda poderia usar o tempo que gastariam na extensa turnê para passar com suas famílias.”Nós todos temos famílias e coisas diferentes, suas prioridades mudam um pouco. Você meio que percebe que o que funciona para você pode não necessariamente funcionar para outras bandas”, ele diz.

“Mas, de novo, nós somos muito gratos que as pessoas queiram nos ver tocar, e nós adoramos tocar. Eu não sei no futuro como será”.

Enquanto isso, o RHCP se reuniu recentemente com o baterista original, Jack Irons em uma apresentação no Grand Rapids, em Michigan, em show tributo ao primeiro guitarrista da banda, Hillel Slovak, que morreu de overdose de heroína em 25 de junho de 1988.

Da redação com informações da NME.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *