Boas notícias para os fãs de Strokes

strokes

A banda está trabalhando em um novo álbum

Albert Hammond, cantor e compositor famoso por hits dos anos 70 e pai do guitarrista dos Strokes Albert Hammond Jr., revelou que a banda de seu filho está trabalhando em um novo álbum com Rick Rubin, produtor musical estadunidense que já trabalhou com nomes como Beastie Boys, Public Enemy, Red Hot Chili Peppers, Johnny Cash, Metallica, Linkin Park, Jake Bugg, Lana Del Rey, Lady Gaga, Kanye West e Mick Jagger.

Em outubro passado, o baixista Nikolai Fraiture contou que a banda estava trabalhando no sucessor de Comedown Machine, lançado em 2013. Na época ele disse: “Como as pessoas já sabem, prazo não é nosso forte. Expectativa e surpresa fazem parte da excitação de lançar uma nova música”.

Agora, o Hammond pai, que na época do lançamento do disco de 2013 dos Strokes já tinha adiantado novidades, confirmou que eles estão trabalhando com o lendário produtor Rubin. “Eles estão gravando um novo álbum com o grande produtor Rick Rubin. Eu converso com o meu filho todo dia e ele diz que eles estão super felizes. Tenho certeza que este vai ser um álbum muito bem sucedido”.

Hammond também revelou que ele pessoalmente pagou o estúdio para os Strokes gravarem o seu álbum de estreia Is This It, de 2001. “Ninguém os compreendeu, então eu disse ‘Tá aqui o dinheiro, vão para o estúdio e gravem o álbum'”, ele disse. “Eles nunca me pagarm de volta, mas não importa. Só amei saber que eu os ajudei”.

E acrescenta: “Eu estou muito orgulhoso da banda e do meu filho. Eles são tipo todos meus filhos porque eu estava lá no começo. Eu costumava ir para os ensaios deles e eles tocavam muito alto. Eu dizia ‘Rapazes, rapazes – montanhas e vales, altos e baixos'”.

Os Strokes lançaram um material novo em junho do ano passado em forma de EP chamado “Future Present Past”, que marcou a passagem da banda no Brasil na edição do Lollapalooza 2017.

Enquanto isso, Hammong Jr. recentemente contou como os esforços dele em largar as drogas deve ter “matado” os sonhos dos seus companheiros de banda, dizendo que ele não sabe se eles ainda estão bravos com ele sobre isso.

Esses comentários vêm no novo livro da jornalista Lizzy Goodman chamado “Meet me in the Bathroom: Rebirth and Rock an Roll in New York City, 2001-2011”, que traz detalhes sobre a ascenção de bandas indie nos anos 2000 como Strokes, Yeah Yeah Yeahs, LCD Soundsysem, Interpol e Vampire Weekend.

Da redação com informações da NME. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *