Os 25 anos de Blood Sugar Sex Magik

blood sugar sex magik

O disco você provavelmente conhece bem, mas e os extras?

[Por João Dias]

Comemorando 25 anos de lançamento, o álbum Blood Sugar Sex Magik ainda se mantém como um marco na carreira do Red Hot Chili Peppers. Produzido por Rick Rubim, o disco mais parece uma coletânea de hits, o que deixa difícil a tarefa de escolher uma canção favorita entre as 17 faixas.

“Give it Away”, “Suck my Kiss” e “Under the Bridge” fizeram esse disco sucesso de vendas e determinaram uma nova direção para a banda, que estreava seu novo guitarrista, o jovem John Frusciante, de apenas 18 anos. Frusciante deixou a banda no ano seguinte, 1992, pois tinha dificuldade de lidar com a imensa popularidade que alcançaram.

Detalhe: o disco foi lançado no mesmo dia que Nevermind, do Nirvana, e as duas bandas fizeram uma turnê juntas. O Nirvana substituiu o Pearl Jam e de quebra o Smashing Pumpkins também saiu da turnê, pois Billy Corgan se recusou a tocar com Kurt Cobain por ele ser o atual namorado da sua ex, Courtney Love.

Mas novela mexicana à parte, o que pouca gente sabe é que o disco foi concebido para ser um álbum duplo, mas que por pressão financeira da Warner acabou sendo comercializado em formato único, cortando-se material já gravado. Algumas músicas extras como “Soul to Squeeze” e o cover do Iggy and Stooges “Search and Destroy” se tornaram bastante conhecidas, mas existem outras que não circularam tanto e ainda são consideradas lado ‘B’.

O Palco Alternativo reuniu esse material extra gravado para o Blood Sugar Sex Magik. E se você nunca assistiu ao documentário Funk Monks, vai um link pra conferir os bastidores da gravação do disco.

Search and Destroy

Soul to squeeze

Sikamikanico

Fela’s Cock

Funk Monks – Documetário da gravação do disco Blood Sugar Sex Magik (legendado – low quality video)

Funk Monks (sem legendas – vídeo 480p)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *