Julian Casablancas diz por que não gostar dos Beatles é uma coisa boa

Julian Casablancas
“Eu talvez tenha a vantagem de que não gostava ou ouvia os Beatles”, diz o frontman dos Strokes

Julian Casablancas, que recentemente virou manchete depois de acusar o sucesso do cantor pop Ed Sheeran* à lavagem cerebral cultural e afirmar que Jimi Hendriz “não tinha hits”, disse não gostar da música dos Beatles em uma nova entrevista.

Conversando com a revista Rolling Stone, Casablancas sugeriu que não ouvir aos Fab Four pode ter ajudado ele a formar seu próprio gosto muscal e individualidade.

“Eu tenha talvez a vantagem de não gostar ou ouvir à música dos Beatles”, ele disse. “Eu sinto como se isso fosse quase uma marca em quase, tipo, 98% das coisas que se escuta”.

E acrescenta: “Mas, então, tem o Velvet Underground. Eu sei que o Lou Reed odiava os Beatles”. Reed uma vez descreveu os Beatles como “lixo”.

Em recente conversa com a revista estadunidense Variety, Casablancas lamentou o atual estado da música popular, afirmando que Ariel Pink deveria ser tão grande quanto Ed Sheeran.


[*Se você não faz ideia  – como a que vos escreve não fazia – quem diabos é Ed Sheeran… é o cara que canta “Shape of You” 🙂 ].

“Hoje, alguém como Ariel Pink é relativamente desconhecido. Em outra era, ele teria sido muito mais popular… Pessoas pensam que a opinião pública de seu próprio tempo é verdade”, disse Casablancas.

“Eu luto para construir um mundo em que o Velvet Underground seria mais popular que os Rolling Stones. Ou onde Ariel Pink seria tão popular quanto Ed Sheeran”.

Quando o jornalista argumentou que “um desses músicos está tentando ser pop enquanto o outro não”, Casablancas responde: “Tudo que você está dizendo soa 100% como lavagem cerebral [da indústria] cultural”.

Depois dos Strokes e de enveredar pela carreira solo, Julian se juntou a Jeff Kite, Alex Carapetis e Jake Bercovici, do Sick Six que tocaram como banda de apoio de Casablancas em sua carreira solo. Em 2013, formaram a Julian Casablancas + The Voidz, e em dezembro de 2017 mudaram o nome da banda apenas para The Voidz.

Da redação com informações da NME

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *