Trent Reznor chama a atenção de Taylor Swift por não se pronunciar sobre Trump

O frontman do Nine Inch Nails acusou a “juventude cultural” de hoje de se importar mais com suas próprias marcas, e disse que as ações do presidente norte-americano são  preocupantes e enfurecedoras

Trent Reznor repreendeu Taylor Swift e artistas como ela por não se pronunciarem sobre as ações do presidente estadunidense Donald Trump.

Swift é conhecida por não se pronunciar sobre assuntos envolvendo a política. Ela compartilhou uma foto dela mesma na fila para votar nas eleições dos Estados Unidos em 2016, mas nunca revelou em quem ela votou ou falou contra algum político. No começo deste ano, ela fez uma doação para o March For Our Lives, campanha por mais leis de controle de armas nos Estados Unidos, lançada depois do tiroteio na escola de Parkland, na Flórida. Mas, isso foi tudo.

Em entrevista ao New York Times, o vocalista do Nine Inch Nails explicou porque ele sente que é necessário que os artistas se pronunciem sobre questões políticas. “Eu estava sendo entrevistado por alguém da imprensa no meio dos anos 1990 e eles falaram algo que me marcou: eu tenho influência, e é meu trabalho chamar a atenção para o que precisa ser chamado, porque há pessoas que se sentem da mesma maneira, mas precisam de alguém para articulá-las.”

Continuando a explicação, ele reconheceu que seria muito mais fácil “manter a boca fechada e deixar pra lá”, e então Reznor adiciona: “Você não escuta muito de Taylor Swifts do mundo, e da juventude cultural de primeira linha, porque eles estão preocupados com sua marca, seu sucesso e carreira e tudo o mais”.

Reznor ainda falou sobre sua visão sobre as ações de Trump à frente da presidência, dizendo que o que ele está fazendo [a respeito da questão da imigração no país] é “preocupante e enfurecedor”. “Não é a agenda conservadora, não é uma questão de preferência religiosa, não é uma questão de se o governo é grande ou pequeno”, ele disse.

“Eu não tenho problema com nenhum desses tópicos. Mas, o desrespeito pela decência e verdade e civilidade é o que é realmente desanimador. Parece que um país que celebra a estupidez está realmente levando isso em consideração”.

A Nine Inch Nails acabou de lançar um novo álbum contendo seis faixas, chamado “Bad Witch” em 22 de junho. É a terceira parte da trilogia que começou com “Not the Actual Events”, de 2016, e “Add Violence”, no ano passado.

Da redação com informações da NME

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *