Roberta Campos lança releitura de “Último Romance”, dos Los Hermanos

Roberta Campos. Foto: Marina Campos.

Roberta Campos lançou, no último dia 12, pela Deck, a sua versão da icônica música “Último Romance” (Rodrigo Amarante), do álbum Ventura (2003), dos Los Hermanos. A canção chega acompanhada de clipe, gravado em casa durante a pandemia do coronavírus e foi apresentada ao público pela primeira vez, ao vivo, durante a #livedeamor, transmitida em seu canal no YouTube no último sábado (13).

A escolha do lançamento não foi por acaso. “Eu decidi fazer a releitura de ‘Último Romance’ porque é uma música que sempre me tocou muito. A mensagem dela passa o que eu sinto, o que eu penso. Me veio essa urgência de gravá-la agora e dividir com as pessoas, e não tinha uma data mais adequada e bonita para lançar que não fosse no Dia dos Namorados”, explica a cantora.

Em comemoração à data, sábado (13), Roberta cantou “Último Romance” durante a live, além das músicas campeãs de casamentos “De Janeiro a Janeiro” (Roberta Campos) e “Minha Felicidade” (Roberta Campos e Danilo Oliveira) e mais outras que compuseram a trilha sonora de novelas como “Todo Dia” (Roberta Campos) e “Libélula” (Roberta Campos).

Não faltaram releituras já consagradas como “My Love” (Paul e Linda McCartney) e “Quem Sabe Isso quer Dizer Amor” (Lô Borges e Marcio Borges). Roberta também cantou releituras inéditas, além de atender a pedidos de seu “Correio da Robertinha”, onde os fãs puderam dedicar músicas a seus amores. Houve doações em prol da Casa Ronald de Moema (SP), instituição que acolhe e apoia crianças e adolescentes em tratamento de câncer.

Na voz de Roberta, “Último Romance” (Rodrigo Amarante) marca uma parceria que não é de hoje. Em 2015, Marcelo Camelo participou de “Amiúde”, do álbum Todo Caminho é Sorte: “Tenho uma ligação e muito respeito por Los Hermanos. Sempre tive muito carinho pelo trabalho deles, eu gosto muito da banda. Foi muito legal fazer essa versão, me levou para um lugar que eu gosto de estar, é como se eu morasse dentro da canção. Estou muito feliz e animada por lançar e mostrar para as pessoas a minha releitura, que ficou bem diferente da música original. Acho que ela vai ser muito bem acolhida”, afirma.

Sobre produzir em meio à pandemia, Roberta explica que não foi muito diferente do habitual: “Meu primeiro disco (Para Aquelas Perguntas Tortas) foi feito em casa, em 2008, e foi um álbum muito importante para minha carreira. Vivo lançando singles que gravei em casa. Acho que o diferencial, dessa vez, é sentimento de você ter que fazer de casa porque não pode sair nem se locomover. Todo mundo que participou do trabalho o fez de casa”.

Leia matéria que fizemos com Roberta Campos em 2009: A resposta para perguntas tortas

Inclusive o clipe, cuja direção é assinada por Marina Campos, foi filmado usando uma parede branca da casa da cantora. “Foi bacana, estou muito feliz com o resultado e acredito que as pessoas vão conseguir sentir esse sentimento bom que eu estou sentindo de ouvir e assistir ao clipe”, finaliza Roberta.

Da redação com informações da assessoria de imprensa da artista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *