De volta aos primórdios: Toro y Moi e seu chillwave instrumental

Causers of This, disco de estreia do músico lançado em 2010 agora em versão instrumental

Toro y Moi em apresentação em Houston. Foto: Julian Bajsel

A versão instrumental do primeiro disco de Toro y Moi, nome artístico de Chazwick Bundick, que assina seu nome como Chaz Bear desde 2017, foi lançado no último dia 27 de junho. Quem estava em busca de uma música chillwave para estudar ou trabalhar nesses tempos de isolamento social pode encontrar na versão instrumental do disco début de Toro, Causers of This (Instrumentals), uma boa companhia sonora.

Causers of This é uma espiada na minha infância como negro americano suburbano. É uma reação ao que é perder. Ironicamente, todas as sessões e arquivos que compunham o álbum foram perdidos em um roubo de carro em 2009; tudo o que restou foram os instrumentais”, explicou Chaz Bear.

“As letras foram o último elemento adicionado a este disco em particular e estou animado para que meus ouvintes experimentem o álbum da maneira que eu pretendia que fosse. Agora, 10 anos depois, parece mais apropriado do que nunca lançar esta versão simplificada do disco para deixar espaço para reflexão. Obrigado a todos por fazerem parte dessa jornada comigo”, complementou o músico.

Considerado um dos marcos da chillwave, movimento que revelou nomes como Neon Indian, Washed Out e Memory Tapes, o trabalho transita por entre gêneros de forma deliciosamente nostálgica e referencial. Canções como “Talamak” e “Blessa” que apontam para o soul psicodélico dos anos 1970, dialogam com a obra de veteranos como Boards of Canada e ainda ajudaram a consolidar a imagem de Chaz Bear como um dos nomes mais criativos do período.

Da redação com informações de NME, Gorilla vs Bear,Trabalho Sujo e Miojo Indie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *