#JáOuviu? Bat and Ball

Por Ricardo Leite

“Pop ansiedade” para quem gosta de indie moderninho, com uma batida intermitente e vocal melódico. Já ouviu a banda londrina Bat and Ball?

Quem: O Bat and Ball tem em sua origem o duo de irmãos Abi Sinclair (guitarra e vocal) e Chris Sinclair (Baixo e vocal), mas conta ainda com Teo Garfath Gibelin (guitarra), Ben Penfold (bateria) e Harri Chambers (teclado).

De onde vem: Londres

Quem vai gostar: A própria banda se intitula de “anxiety pop” (“pop ansiedade”, numa tradução livre) e, na falta de uma classificação clara, preferimos essa auto-referência, pois detalhar o som da Bat and Ball é no mínimo difícil. A banda pode agradar muitos fãs de pop eletrônico, mas também os órfãos de um indie modernizado, com uma batida intermitente e vocal melódico.

O que já fizeram: A banda tem um EP e um disco lançados. We Prefer It in the Dark é de 2013 e recebeu críticas positivas já em seu lançamento, especialmente pela faixa título. Em 2019 a banda lançou Genuine Skin. Nesse meio tempo, alguns lançamentos de singles e clipes, que são uma nota a parte. Os clipes da banda, com um estilo “faça você mesmo” são imperdíveis e muitas vezes modificam o entendimento das letras, em geral bastante subjetivas e enigmáticas.

Porque ouvir: Na infinidade de bandas pós-indie com vocais femininos surgidas em Londres, Bat and Ball chamou atenção tanto pelo cuidado na composição das músicas em estúdio quanto por um algo a mais na coragem de criar músicas difíceis de classificar ou mesmo desconfortáveis.

Por onde começar: Sem dúvida o EP We Prefer It in the Dark, com especial atenção à faixa homônima. Depois, passe pelo single de 2014 Stops My Mouth e por fim, do único álbum da banda, lançado ano passado, ouça “It Goes In” e “Cruel Cats”, a primeira, definitivamente fazendo jus a classificação da própria banda como anxiety pop.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *