Bruno Chaves lança lado B de novo EP e clipes que formam curta-metragem

Novas faixas trazem uma renovação do olhar, se permitindo sentir otimismo

capa do disco

Por Ricardo Leite

Entre um leve otimismo e uma breve conformação aborda a dicotomia “dentro” e “fora”, relacionando ambas aos sentimentos que temos experienciado atualmente, como a ansiedade quanto à situação do país e à relação que cada um tem com a bolha em que habita. O lado B contém as faixas “Torto” e “Vai ficar tudo bem” e chegou às plataformas de streaming no dia 21 de agosto. O clipe de “Torto” já está no canal do cantor e você pode assistir logo abaixo.

Ao nos trazer o processo de manufatura de uma marionete que simboliza uma espécie de alter ego do artista no clipe da música “Revesso”, introdução do EP, ele brinca com os sentidos da palavra “conformação”: dar forma a algo e se conformar, ambos sentidos possíveis.

“Tem tudo a ver com o processo de fazer uma marionete e com o processo de fazer uma música”, diz Bruno. No lado B, Bruno encara esta conformação e se permite até mesmo um otimismo, quase como o inverso do restante do EP. “Vai ficar tudo bem” é a faixa mais destoante, um canto esperançoso quanto ao futuro.

Tendo como influência bandas como Radiohead e Gorillaz, o pintor surrealista Magritte e o cineasta Cyro Matoso, Bruno lança o EP também em formato audiovisual, com videoclipes para cada faixa que, reunidos, compõem uma espécie de curta metragem musical.

Nos vídeos, acompanhamos a marionete desde sua chegada ao mundo e descobrindo novos sentimentos possíveis. Todos os vídeos estão sendo realizados na casa de Bruno, com roteiro de Juliana Rosa, roteirista do premiado curta metragem “Longe” (2019). Este novo projeto está inserido dentro do mesmo universo do álbum de estreia do artista, A noite e mais eu (2019).

Juntos, lados A e B, músicas e vídeos, resultam em um projeto coeso e criativo, todo produzido durante o período de isolamento social. Por isso também, Bruno aposta em um trabalho mais minimalista, mas não menos profundo e reflexivo. Com arranjos eletrônicos, o músico busca experimentar um novo formato, sendo ele mesmo o responsável por toda a concepção e gravação do EP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *