Saudades dos shows? 10 registros ao vivo para você curtir nesta pandemia

Listamos aqui alguns álbuns ao vivo, de diversas épocas e estilos, para você curtir enquanto as apresentações ao vivo não voltam

Por Lucas Lima

Já de conhecimento de todo mundo, as apresentações musicais ao vivo ainda vão demorar para voltarem a acontecer devido a pandemia do coronavírus. Com este mote, listamos aqui 10 registros ao vivo de artistas brasileiros, para matarmos a saudade da atmosfera dos shows. Vale ressaltar que não são os melhores ou maiores álbuns nacionais no estilo, inclusive, existe material para fazermos muitas outras edições desta lista. 

Confira:  

Vespas Mandarinas – Animal Nacional Ao Vivo

O registro ao vivo do clássico álbum “Animal Nacional” (Deck) foi lançado em 2015 e mostra bem a visceralidade que a banda mostrava em seus shows, em especial naqueles tempos. Ainda temos participações de Edgard Scandurra (Ira!) e da banda Vivendo do Ócio.

Maglore – Maglore Ao Vivo 

O elogiado álbum “Todas As Bandeiras” (Deck) também ganhou registro ao vivo, em 2019. Além das canções do disco, o grupo passeou por repertório de uma carreira inteira, construída em pouco mais de 10 anos. Hélio Flanders (Vanguart) marcou presença na festa do grupo baiano, que também contou com apoio de um trio de metais (Filipe Nader no sax, Douglas Antunes no trombone e Gustavo Sousa no trompete) que deu uma roupagem mais encorpada para as canções. 

Gilberto Gil e BaianaSystem – Gil Baiana Ao Vivo em Salvador

Gilberto Gil reuniu-se com a BaianaSystem para um show que virou uma festa. O repertório, selecionado por Russo Passapusso e Roberto Barretoengloba canção de Gil e da Baiana, em conjunto com “Is This Love”, de Bob Marley e “Água de Beber”, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes. 

Titãs – Nheengatu Ao Vivo 

A clássica banda paulistana voltou às raízes com o álbum “Nheengatu” (Som Livre) e o disco foi celebrado com gravação de um show em São Paulo. Além das canções presentes no disco, a banda apresentou canções pouco executadas ao vivo, como “Massacre” e “Pela Paz”. 

Rashid – Sessões do Selo Sesc

Gravado em junho de 2018 para a série “Sessões Selo Sesc”, o registro mostra como soa Rashid e sua banda ao vivo. Uma apresentação cheia de atitude, baseada na qualidade lírica de um dos grandes rappers brasileiros.

Gabz e Leo Gandelman – Hip Hop Machine

A indicação aqui é Gabz e Leo Gandelman, mas poderia ser qualquer artista que participou do projeto Hip Hop Machine, capitaneado pelo multi-instrumentista Leo Gandelman. O músico fez arranjos jazzísticos para versões de canções de artistas do rap nacional. Tudo isso foi gravado ao vivo. Participaram também nomes como Baco Exu do Blues, BNegão e Karol Conka.

Tom Zé – O Pirulito da Ciência

Quem já foi a um show do Tom Zé sabe o quanto o artista é criativo e o quanto ele emana energia no palco. Neste show, que tem um grande repertório, não é diferente. 

Cazuza – O Tempo Não Para (Ao Vivo)

Este não fica só caracterizado como um grande disco ao vivo, mas também como um grande clássico da música nacional. Vale ressaltar que este registro, gravado em três noites no Rio de Janeiro, marca o último álbum ao vivo de Cazuza.

Zé Ramalho – Atlântida

Um dos primeiros shows da carreira solo de Zé Ramalho está registrado e disponível nas plataformas de streaming. O registro, intitulado “Atlântida”, foi feito na verdade em três apresentações no Teatro Santa Rosa, na Paraíba. A banda que acompanhava Zé Ramalho era a Filhos de Jacó, formada por  Jarbas Mariz (percussão), Josué (guitarra solo), Paulo Batera (bateria) e Wallace (baixo)

Mutantes – Ao Vivo Barbican Theatre

Das mais emocionantes, a apresentação dos Mutantes no Barbican Theatre é um derradeiro show da formação que reunia os irmãos Arnaldo Baptista e Sérgio Dias, além do baterista Dinho Leme e a cantora Zélia Duncan. Provavelmente esta união dos irmãos Dias não vai mais acontecer, então vale a pena curtir o registro. 

Todos os álbuns aqui listados estão disponíveis nos serviços de streaming. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *