“Fragma”, disco de estreia de Amanda Magalhães, é um misto de soul, samba e equilíbrio

Disco lançado em setembro pela cantora nos traz questões humanas com toques tropicais

Lucas Lima

Em março de 2019 Amanda Magalhães tinha apenas dois singles nos serviços de streaming, “Fazer Valer” e “Vai Ouvir”. As faixas eram prenúncio de um futuro álbum. O disco chegou e se chama “Fragma”, porém as direções que Amanda tomou foram outras. Nenhum dos singles citados aqui estão entre as 9 músicas lançadas pela cantora no mês de setembro. Os caminhos apontaram para uma sonoridade mais leve, um soul moderno e orgânico ao mesmo tempo.

Porém, aquela mesma Amanda que encontrei no ano passado, na Vila Madelena, em São Paulo, faz-se ouvir em “Fragma”, pois é a Amanda que busca equilíbrio. Desde na lírica de canções como “Deixa Assim Por Ora”, faixa que versa sobre fugir de pensamentos ansiosos, como “Deixar Levar”, onde existe a busca por deixar dores do passado para trás. 

Mesmo contendo canções onde os pontos centrais são as dores e as angústias humanas, “Fragma” é um disco de aquecer coração, pois é um álbum não só de leveza mas também da valorização do amor. Sentimento este que vem fácil em “Saiba” (parceria com Seu Jorge) e que também nos faz muito aprender, segundo o que diz “O Amor Te Dá”. 

Na sonoridade, a forma em que o contra-baixo é marcante, as experimentações, o samba que entra em canções como “Quando A Chuva Acaba”, torna o disco ao mesmo tempo muito original, porém com diversos paralelos que podemos fazer, desde a música eletrônica do Daft Punk até nomes do atual R&B, como Jorja Smith e Amber Mark. O que difere é que Amanda Magalhães, que é a produtora de “Fragma”, nos traz também diversos toques tropicais e, sobretudo, de brasilidade que deixa o registro muito agradável. 

Citando participações, temos Liniker, que empresta sua voz em “Talismã”; o já citado Seu Jorge, paceiro de composição e de voz em “Saiba” e Felipe Ludovico que assina composição junto com Amanda em “Ninguém Vê”e “Quando A Chuva Acaba”. 

Ouça o disco: 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *