10 Músicas para ouvir no final de semana #10

Por Lucas Lima

Com a chuva de singles lançados toda semana, pode ser difícil escolher o que ouvir. Tendo este pretexto como base, selecionamos e divulgamos semanalmente 10 canções lançadas recentemente para você ouvir no final de semana. Você pode escutar as faixas em nossa playlist, que é atualizada a cada sete dias (acesse no final da matéria). Confira os artistas da décima edição:

Intemporal – Anseio

Com faixa de estética vintage, o power trio Intemporal usa de metáforas para falar sobre relações amorosas. Este é o terceiro single da banda, que está na ativa desde 2015.

Siso e Julia Branco – A Onda

Em meio a tantas coisas ruins (vide o caótico ano de 2020), ainda é possível absorvermos os problemas para fazermos coisas novas. Esta coragem diante ao caos é parte da lírica de “A Onda”, faixa feita em parceria por Siso e Julia Branco. 

Maglore, Fernanda Takai e John Ulhoa – Não Existe Saudades no Cosmos

A excelente composição de Teago Oliveira, vocalista da Maglore, já tinha sido gravada por ninguém menos que Erasmo Carlos, no disco “Amor É Isso”, de 2016. Agora a Maglore lançou sua versão, ao lado de Fernanda Takai e John Ulhoa. 

Ana Frango Elétrico – Mama Planta Boy

A psicodelia une-se a bossa nova em canção da cultuada e indicada ao Grammy Latino Ana Frango Elétrico. A faixa, segundo a artista, tem melodia que pode ser cantada para plantas e bebês. 

Sergio Magno – Como Vc Tá?

“Como Vc Tá?” é melancólica canção baseada em elementos eletrônicos e de letra reflexiva. O título da música é pergunta recente em tempos de pandemia, onde muitos estão longe de familiares e amigos. 

“Inicialmente ‘não sei como você tá’ veio de uma reflexão sobre não saber ao certo o que estava sentindo. No momento era como se eu estivesse em um diálogo com meu coração. Queria escrever sobre coisas que superam o campo do entendimento, coisas intensas, mas não necessariamente dilemas. Em paralelo a pergunta ‘como você tá’ estava sendo recorrente.  Eu moro sozinho e graças a Deus sou rodeado de boas pessoas, que durante toda a quarentena trocaram comigo. Mas essa pergunta acaba sendo complexa e não necessariamente tenha uma resposta neste momento e algumas vezes até variava entre ‘Como você tá hoje?’ ou simplesmente chegar e dizer: ‘Espero que estejas bem’ e reforçava as preces e súplicas. Em algum momento da quarentena percebi que precisava fazer a manutenção das minhas relações, as que necessitavam ser nutridas e as que precisavam ser plantadas. 

Fábio Santanna – As Flores Vão Chegar

Faixa calcada no soul nos traz a ideia de esperança e de renovação, assim como é a chegada da primavera. A canção antecipa “Vibração”, terceiro álbum do cantor, compositor e DJ  Fábio Santanna. 

“O single é puro soul brazuca,  inspirado em artistas como Cassiano, Sandra de Sá, Tim  Maia, Carlos Dafé… Uma justa homenagem a esses artistas que fazem parte da nossa cultura, da musica black dos bailes e radios. E também  fazem parte do meu background musical como artista negro que sou. Tem beat e tem synth, mas na essência é canção é puro soul brazuca”, reflete ele.

Mauricio Tagliari – Conselheiro Calado

Samba em parceria com Rodrigo Campos, “Conselheiro Calado” é faixa que fará parte de “MAô: Allegro Dentro do Possível”, o próximo álbum de Maurício. 

“Esta música surgiu a partir de uma reunião em que Rodrigo me apresentava a sambista Adriana Moreira. Ele dizia que precisava gravar um disco com um produtor que abrisse mais o som dela e fosse além do samba tradicional. Insistia que eu era esse produtor. Eu, admirador de Adriana, concordei desde que ele produzisse comigo. Ele respondeu que poderia ficar por perto, como um conselheiro. E emendou: ‘calado’! Fiquei com isso na cabeça, cheguei em casa e compus a primeira parte do samba e mandei para o Rodrigo escrever a ‘segunda’. Ele acertou em cheio. Não só resolveu bem musicalmente como deu o arremate filosófico. As duas canções que temos em parceria são o que eu chamaria de samba zen. Não é novidade filosofar em samba. Mas é curioso que nossa parceria se concentre nesse aspecto. Parece que queremos compartilhar nossos aprendizados. Nossas visões de mundo”, explica Maurício.

Elza Soares e Flávio Renegado – Divino Maravilhoso

Clássico de Caetano Veloso ganha mais uma versão, desta vez com beats modernos, inclusão do trap e do reggaeton, além do rap capitaneado por Flávio Renegado. A canção faz parte da trilha sonora da minissérie “Amor e Sorte”, da Rede Globo.

Regulares – Diving With You

A Regulares é uma emergente banda que deu as caras nas plataformas de streaming há pouco tempo; o primeiro single é de 2019. Porém, o grupo já tem três anos em atividade e mostra em suas canções referências do grunge e do stoner rock. 

Os Fugitivos – Vai Passar

As dores da vida vêm, mas são passageiras. Este é o mote de “Vai Passar”, canção quase totalmente acústica do trio alagoense Os Fugitivos. O grupo prepara para 2021 a segunda parte do álbum “Tudo Vai Ficar Como Era Antes”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *