84 anos de Tom Zé, com biografia e raridades

Livro que narra a história do cantor e compositor baiano será lançado em breve pelas Edições Sesc

Por Lucas Lima

Uma das alegrias da vida nos tempos sem pandemia eram os shows do Tom Zé. Não só pelas canções, mas também pelos causos, pela banda sempre afiada e pela alegria do senhor que tomava o centro do palco e que fez, no último 11 de outubro, 84 anos. E alegres somos por ainda termos Tom Zé. 

O cantor, embora não esteja elencado entre a nata de ouro do tropicalismo brasileiro (embora deveria estar) sempre chamou atenção também fora do país. Assim foi com David Byrne, que tirou o brasileiro do ostracismo depois de apaixonar-se pelo disco “Estudando o Samba”, no começo dos anos 90. Agora, o gringo que se derrete à obra de Tom Zé é o jornalista italiano Pietro Scaramuzzo, que escreveu a biografia do artista, já lançada na Itália com o título  “Tom Zé, l’ultimo tropicalista”. O livro, que está em processo de tradução, será lançado em terras tupiniquins pelas Edições Sesc. 

A narrativa se divide entre capítulos sobre a formação musical e pessoal do artista baiano, desde a infância, onde o autor o define como um jovem tímido, introvertido e repleto de inseguranças e passa por diversos momentos históricos do Brasil, desde a Bossa Nova, a Jovem Guarda e, claro, retrata o período político dos anos 70, com a ditadura militar.  

Nada há mais por dizer além de que há muita expectativa pela biografia. Pietro vem com a ambição de retratar a obra e a vida de alguém que quase foi apagado da história musical brasileira. 

Raridades

O pesquisador e jornalista Renato Vieira reuniu 14 canções, em versões alternativas, lançadas originalmente em compactos e canções obscuras de Tom Zé para a coletânea “Raridades”. As faixas, gravadas entre o período de 1969 e 1976, foram recuperadas de arquivos da RGE e da Warner. Um dos destaques é o registro ao vivo, captado no 5° Festival de MPB da TV Record, de “Jeitinho Dela”, cantada ao lado dos Novos Baianos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *