Com inspiração latino-americana, último EP da trilogia de Alper Tuzcu conta com participação do percussionista de Snarky Puppy

Combinando cumbia, chacarera e bossa nova, “Raíz” será lançado pela Palma Records na próxima sexta (19), encerrando a trilogia iniciada em fevereiro de 2020

Por Natasha Ramos

Em Raiz, o compositor, produtor e guitarrista Alper Tuzcu, de Instambul, trabalhou com o percussionista argentino Marcelo Woloski, do grupo ganhador do Grammy, Snarky Puppy. Woloski, que foi indicado a dois prêmios no Grammy em 2020 e já possui um Grammy e um Grammy Latino, toca bumbo na música “Milagro”, de Alper Tuzcu, que tem como base um ritmo tradicional argentino, a chacarera.

Uma inspiração para Raíz foi a cantora e compositora vencedora de um Grammy, Natalia Lafourcade, com a qual Alper Tuzcu começou a compor as canções para este projeto após conversa entre o músico e a cantora na faculdade Berklee College of Music, em Boston, no ano passado. Incentivado por ela, Alper começou a escrever as canções do projeto, abordando a composição em espanhol.

Capa do EP “Raíz”

Alper Tuzcu combina, neste projeto, seus conhecimentos de composição com ritmos latino-americanos. Embora tenham a influência de culturas diferentes, as músicas deste projeto vêm das mesmas raízes: a América do Sul. O EP traz, dentre seus ritmos, a cumbia (Colômbia), chacarera (Argentina) e bossa-nova (Brasil), em duas músicas em espanhol e duas em português, incluindo uma versão remasterizada do single de Tuzcu de 2019, Felicidade, que tem cerca de 500 mil streams no Spotify.

Dentre as cantoras de Raíz estão a vocalista brasileira Helena Beltrão, que além de “Felicidade” canta em outra faixa, “Facilmente”, e a vocalista americana Nicoh Kwan, cantando em espanhol nas outras duas canções do disco.

Raíz é o último episódio da trilogia de EPs de Alper Tuzcu, após o lançamento de Migrante e Imagina, que já abordamos aqui no Palco. Este último EP é marcado por uma sensação de encerramento que combina esperança, curiosidade, entusiasmo e felicidade (não à toa, este é o nome da música que fecha o trabalho).

Sobre Alper Tuzcu

Alper Tuzcu é um compositor, guitarrista e produtor musical inovador. Sendo membro votante do GRAMMY, ele já trabalhou duas vezes com o virtuoso produtor e compositor espanhol Javier Limón (Buika, Paco de Lucía, Wynton Marsalis). Ele lançou o seu segundo álbum Aurora por Palma Records em 2018, e o seu álbum de estreia Between 12 Waters em 2016, que consiste de 12 canções inspiradas em 12 culturas diferentes. O compositor, que mora nos Estados Unidos, usa suas composições multiculturais para unir culturas e cruzar fronteiras. Alper Tuzcu se formou na Berklee College of Music com Magna Cum Laude em 2015 após ganhar uma bolsa de estudos no Umbria Jazz Festival, na Itália.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *