10 músicas para ouvir no final de semana #25

A vigésima quinta edição da playlist “10 Músicas Pra Ouvir No Final de Semana” está no ar. Como de costume, temos artistas dentro de vários espectros musicais, desde a MPB, pop, rock e rap. Destaques para o mais recente single de Marisa Monte, a mistura da língua guarani com a portuguesa em “Residência Nativa” e também a nova faixa de André Abujamra. Confira a nossa playlist no final da matéria!

Marisa Monte – Calma

Marisa Monte está de volta e tem preparado um novo álbum, “Portas”, que chega no dia primeiro de julho a todas as plataformas de streaming. Enquanto o disco não sai, a cantora divulgou o single “Calma”, que tem todos os elementos característicos da carreira da artista. 

Kunumi MC, grupo Oz Guarani e Brô MC’s – Residência Nativa

Este single tem um caráter muito especial, pois é o primeiro cypher indígena feito no Brasil, com versos em português e em guarani. Kunumi MC juntou-se com os grupos Oz Guarani e Brô MC’s nesta faixa que denuncia o extermínio dos povos originários e dos recursos naturais

Ali Alexander – Café

Ali Alexander é um cantor chileno, mas que há tempos reside no Brasil, onde busca conhecer cada vez mais de nossa cultura. Nesta faixa ele faz uma música pop baseada na voz e no violão, estilo que o aproxima a grandes nomes da MPB contemporânea. 

Giovanni Chiaradia – O Mundo Que A Gente Sonhar

Um pouco de pop rock e um pouco de psicodelia fazem parte dessa faixa que, na verdade, é parte do EP Procura-se, trabalho debute de Giovanni Chiaradia. 

Livia Nery – Superegos

Suaves paredes musicais que trazem a música pop e até mesmo a bossa nova fazem parte da atmosfera de “Superegos”, mais recente single de Lívia Nery. 

Marcelo Perdido – Que Bom

Faixa que chega junto a um videoclipe, “Que Bom” é uma celebração ao amor, não coincidentemente chega às plataformas digitais à beira do dia dos namorados. A canção celebra também o mês do orgulho LGBTQIA+ e antecipa o próximo álbum do artista. 

“Essa música, e o disco todo, nasceram de um vontade de rever filmes românticos que fizeram sucesso e marcaram as pessoas da minha geração, mas ao revê-los me incomodou o fato das histórias parecerem sempre falar sobre o mesmo casal hétero, branco de cabelos e sorrisos perfeitos. Imaginei quantas pessoas diferentes desse padrão tiveram que fazer um exercício de abstração muito grande para poder se enxergar naquelas histórias de amor, e talvez nem tenham conseguido e cresceram sem isso. É bem triste, né? Então essa canção, e também o disco que vem por ai tenta pluralizar um pouquinho as histórias de amor, é um passo bem pequeno, mas na direção que acho que é a certa quando penso nesse sentimento”, reflete Perdido.

André Abujammra – Saiba

Outro artista que já tem preparado um novo álbum para o público é André Abujamra. O músico tem na ponta da agulha do disco “Duzoutruz, Volume 1”, preparado para agosto. Porém, desta vez o cantor nos mostrará o seu lado de intérprete. O primeiro gostinho deste trabalho é o single “Saiba”, de composição do Arnaldo Antunes. 

“Eu sempre adorei ‘Saiba’ e admiro muito o trabalho do Arnaldo Antunes. Ele é genial. A letra tem uma simplicidade mágica, algo que toca direto a alma e coração”, conta Abujamra sobre a escolha da música para abrir o projeto. “‘Saiba’ gera uma reflexão sobre o que temos de comum como humanos. Todo mundo já foi neném, já teve infância, teve medo e vai morrer. Apesar dos absurdos negacionistas que vemos por aí, temos que aceitar nossas diferenças e ter consciência que fora do coletivo, não teremos chances como humanidade.  Se vamos passar por esta existência de alguma maneira, então que seja o melhor possível para todos”, resume.

Ben Charles – Sementes

Ben Charles se inspira na música regional de Roraima e traz aspectos da MPB dos anos 70 em “Sementes”. A letra aborda a relação do homem com a terra,  em um paralelo entre a esperança, o conhecimento ancestral e o respeito ao meio ambiente.

Giovanna Moraes – Baile de Máscaras

“Baile de Máscaras” é parte de “III”, mais recente álbum de Giovanna Moraes e também parte de um single triplo, lançado recentemente. A canção ganhou videoclipe e tem como mote principal o autocuidado. 

Boats – Calmin

A banda Boats busca uma nova fase com “Calmin”, single de aura indie e de alma pós-punk. “A música fala sobre a calma que encontramos no contato com a natureza, nesse caso, especificamente com o mar; e como essa calma faz com que não queiramos voltar à rotina, principalmente nesses dias de pandemia onde a única coisa que desejamos é um dia calmo e tranquilo, sem um monte de notícias ruins. A natureza como escape. Um encontro, eu e o mar, e a tranquilidade que ele me passa”, resume a vocalista e guitarrista Júlia Ferreira. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *