Bandas e artistas estrangeiros que você precisa conhecer #11

Com apoio da plataforma francesa Groover, listamos algumas faixas lançadas recentemente, confira!

Com apoio da plataforma Groover, que aproxima músicos do mundo inteiro com jornalistas e influencers, trazemos aqui artistas que estão além das fronteiras do nosso país. Em mais uma edição da lista, temos canções que englobam vários gêneros, do R&B até a música psicodélica. Tem música para todos os gostos. Confira um pouco sobre cada artista selecionado logo abaixo:

Nadine Altounji – Bint El Balad

Nadine Altounji é uma cantora canadense muito interessante. O atual projeto dela é lançar um álbum audiovisual e esta música é uma prévia do que será o disco. “O objetivo é lançar os 5 primeiros singles em vídeo. Cada vídeo conta uma história diferente. “Bint El Balad” é uma colaboração entre Mulheres do Oriente Médio e descendentes do Norte da África. A música usa elementos e instrumentos encontrados na música do Oriente Médio, mas com um toque moderno mais pop”, explica a artista.

Omar Rodrigues – Like Mike

O norte-americano não pega leve, deixa claro que essa faixa é uma homenagem ao grande rei do pop Michael Jackson. A faixa tem bases no R&B e conta com um vocal com bastante sutileza. “”Like Mike’ foi criada para ser uma celebração de luz e amor. Foi escrita a partir da perspectiva de alguém liberado pela autoconfiança, pronto para enfrentar o mundo e torná-lo um lugar melhor”, diz o cantor. 

Ruby Bones – Rooftops

Se você é aquela pessoa que curte um pop rock alto astral, o som da banda Ruby Bones é perfeito para você. “Rooftops’ é uma pequena viagem nostálgica pela estrada da memória com um pouco de lágrimas nos olhos. Às vezes é difícil reconhecer o quão bom você foi, mas provavelmente é sábio não se deixar levar tentando recapturar momentos passados. A glória está à sua frente, você só precisa encontrá-la”, diz a banda em comunicado.

Poty – Different

Uma faixa e um videoclipe muito sensível, produzidos pelo ítalo-francês Poty, faz uma homenagem a todos os artistas que não podem fazer suas apresentações ao vivo nesse período de pandemia. 

Wheelsin – Don’t Let It Go

Música indie em prol do planeta Terra! Assim descrevem a faixa o duo sueco Wheeelsin. A mensagem é importante e a canção muito envolvente. 

The $logga – Where It Hurts

The Slogga é um artista que diz ser um grande apreciador do clássico rock do Cream e dos Rolling Stones, porém essa faixa vai um tanto em desencontro a tais influências e , na verdade, é um pop punk que soa como jovem e intenso. 

Black Iris – Solaris

Já a banda Black Iris também explora o punk, porém com uma ênfase no estilo que surgiu nos anos 70, inclusive com alguns versos que nos lembrar o lado obscuro do pós-punk. 

Mort Rose – Money

Essa é para quem curte psicodelia. Diretamente do Canadá, a banda Mort Rose apresenta-se como um grupo que emula o som dos anos 60. 

Zildjianpinky – 2am

O nome do artista (que é escocês) pode ter uma pronúncia difícil para nós brasileiros, mas o que ele quis passar aqui, com esta faixa, foi uma atmosfera de boas vibrações, em uma mistura de guitarra e sons eletrônicos. 

Zita Garnier – Chills

Terminamos a nossa seleção de hoje com Zita Garnier, baseado no R&B e influenciado por nomes como Kate Bush, Björk, Prince e Micheal Jackson. 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *